pizza, pizza!

FINALMENTE uma coisa legal aconteceu na minha vida, mas obviamente eu não vou comentar. até pq não interessa falar sobre isso aqui, e quem interessa saber, já sabe. só um detalhe: foi totalmente cool e inesperado :) acho que ainda nem caiu a minha ficha direito ahahahah mas abapha.

anyways, comecei a fazer um trampo numa editora e tal. nada demais, o job é bem tranquilo, entretanto não tem nada a ver com jornalismo :P mas tá sendo legal pra aprender mais sobre como uma editora funciona. e não toma muito do meu tempo, então é maravilha.

outra coisa legal desses dias é que uns amigos franceses da tia Amélie chegaram e eu estou os ciceroneando pela cidade. hj nós fomos dar uma volta ali pelo Teatro Amazonas, daí eles comeram uns quitutes juninos e depois fomos tomar um chopp na Ponta Negra. tá sendo bem legal, eles são super simpáticos e gentis. o interessante é que eles são parcialmente cegos. mas isso não é problema nenhum pra eles, q se viram muitíssimo bem e viajam horrorez por aí. amanhã vou leva-los para conhecer o Teatro Amazonas por dentro, e daí talvez eu faça umas fotinhos e daí tento mostrar por aqui.

agora partiu, pq vou me forçar a dormir, já que eu cochilei bonita e tenho que acordar super cedo amanhã.

:*

he can only hold her

tiny ghosts

na pegada do amor, como disse o Rafa ahha

então que rolou a inauguration do Obama, né? assisti tudo, foi bem lindoam. claro e óbvio que esperar que esse homem sozinho mude o mundo hehe numdá, né? oq me deixa puta é essa galëre querendo diminuir o acontecimento. querendo ou não, isso é um momento histórico. enfim, não vou nem começar a falar oq eu acho pq já fico é com preguiça dos “argumentos” desses anti-americanos que comem no McDonald’s e usam Converse  :P

anyways, coloquei uma wishlist aí do lado, meu aniversário foi mês passado haha ainda dá tempo, fikdik ;)

partiu cama pq essa cadeira tá acabando com as minhas costas :/

next year


Come on, get on, get on
Take it till life runs out
No-one can find us now
Living with our heads underground

Into the night we shine
Lighting the way we glide by
Catch me if I get too high
When I come down
Ill be coming home next year

.

.

lalalala já é a quase ano que vem, né? falei que não ia fazer post de ‘adeus ano velho, feliz ano novo’, mas foi mais forte do que eu. eu gosto de fazer listas, de analisar oq aconteceu – mas não tanto. ficar remoendo não vale a pena :)

mas 2008 foi o ano de muuuuitas mudanças pra mim. aprendi ABSUUUURDOS, e cresci como ser humano tbm. aprendi a ter mais paciência, a ser mais tolerante, a lavar roupa, a me virar sozinha em situações que eu nem poderia imaginar. conheci gente nova, lugares novos, sentimentos novos. perdi muita coisa também, mas, apesar de querer que esse ano acabe logo, os ganhos foram maiores. errei, pedi desculpas, pisaram na bola comigo, fiz algumas cagadas tbm, mas life goes on.

bora pra retrospectiva?

  1. janeiro: depois de uma virada de ano do caraleo, sou acordada com a notícia que a vovó faleceu. level hard, fiquei quase 48h acordada resolvendo tudo, ao mesmo tempo que tinha de dar força pra minha mãe.
  2. fevereiro: tirei férias, fui pra SP, 20 dias de mt vibe e azaração haha chegou tbm a notícia que meus documentos pra vir pra cá foram liberados. comecei a ficar tensa.
  3. março: pedi demissão do jornal e comecei os preparativos pra me mudar de mala e cuia pra um outro continente. e a tensão aumentando.
  4. abril: festa de bota-fora quase todo dia. a oficial, na minha casa, só não foi mais foda por conta do temporal q desabou. dia da viagem, me segurei até onde consegui, mas não deu – CHORAY haha primavera no JP!
  5. maio: depois de quase um mês trabalhando numa coisa que eu nunca me imaginei fazendo, pediram pra eu sair haha um mês na terra do sol nascente, começo de adaptação. SAUDADES.
  6. junho: de novo, comecei a trabalhar numa coisa que nunca me imaginei fazendo, mas que me apaixonei. aulas pra fedelhinhos de olhinhos puxados, aprendendo a ser MAIS tolerante com as diferenças.
  7. julho: um mês dando aula e começando a gostar mais e mais. conhecendo mais de tudo oq esse país pode oferecer. começando a sofrer com o verãaaao…
  8. agosto: saudades apertando. comecei a me preocupar mais com as coisas de mulherzinha haha verão bombando, e eu derretendo. trabalho, trabalho e mais trabalho.
  9. setembro: muuuito trabalho, e por conta dele, conheci Tokyo. foi um diazinho só, mas foi oq me bastou pra cair de amores. me perdi vindo de NGY, e rolou mt tensão com o suposto Tokai Jinshin [q nem aconteceu].
  10. outubro: outono. começando a esfriar, eu ficando doente quase toda semana haha isso que dá trabalhar com criança. passeinhos por aí, tentando me divertir e não pensar tanto.
  11. novembro: FRIIIO! mt frio, tentando me acostumar. Obama ganhou haha tive certeza de uma coisa que eu já havia desconfiado, heart broken, mais gripe e vida que segue.
  12. dezembro: preocupada. com muitas saudades. fiz aniversário, mas não teve festa. inveeerno e mt frio. esperando o tempo passar…….

looking at the bigger picture, foi um ano bom. apesar de ser péssima com datas, vou lembrar SEMPRE como o ano que saí de casa e virei gente grande. foram minhas escolhas, e eu tenho que lidar com elas. saudades? claro! todo dia, todo momento que eu vejo alguma coisa, ouço uma música, lembro da galëre que eu deixei em casa. mas vida que segue, sei que sou querida por muita gente e que td mundo deseja meu bem, de uma forma ou de outra.

não vou fazer listinha de resoluções pq eu sei que não cumpro mesmo haha então deixa pra lá.

então fica aqui nesse post meus desejos de um 2009 FODA pra todo mundo. que todo mundo consiga oq quer, que sejam felizes, que façam tudo oq tenham vontade, que riam e chorem, que discutam, mas que respeitem, que peçam desculpas, que encham a cara, que façam besteira, que vivam.

:*

ps: ano novo, theme novo. ainda tô arrumando as coisas, mas obrigada a Bia DE NOVO!

21st century life

alorvösses, tô em casa nessa sexta-feira de mewdelssss… tenho nada pra fazer, já postei no blog novo das mïgs e então resolvi que eu deveria beber, pq né… eu mereço. vodkinha com suco de uva, tá até esquentando HAHAH adoroam.

eniuêi, tô toda montada aqui: hoodie de zebrinha, make up e suripa HAHAHAH mt glamour, né não?

e aí que essa semana foi foda. looooooonga… tô cansada viu. e cansada de ficar em casa tb. mas né, deixa pra lá.

e oooolha, o Obama ganhou, então vamos comemorar tomando vódega hahaha

ps: CORRÄO!!! blog de [in]utilidade pública mais bombado das últimas 24h! não tira bife, ok?

isle of her

ai, tô com um post semi-pronto desde a semana passada, mas e a pregui? :X

nada demais pra falar. só que eu tô substituindo o Cláudio nas aulas de inglês… bacaaana, né? :)
maior correria 2008, mas vale a pena no final.

falando em trabalho, hj me aconteceu a coisa mais fofa do mundo! ganhei um beijo e um abraço do fofurinha mais fofura de toda a fofurolândia, o Anderson!!! ele é tãaaaaaaao quietinho, quase não conversa com os amiguinhos, mas se dá mt bem com os adultos. não todos, obviamente, mas é mt gracinha ver ele interagindo com a gente.
aí que de vez em qd eu fico na sala da ed. infantil enqt a professora deles sai pra fazer souguei, daí eu fico lá tomando conta dos mini-monstrinhos até que eles comam e durmam…
hj, enqt ele tava comendo e eu cuidando pra que o Gabriel [outra fofuuuura, mas não vale um centavo de tão malandro e danado hahaha] não quebrasse a cabeça, o Anderson veio, ficou do meu lado, me cutucou e qd eu olhei, me deu um bjo, riu e voltou pra mesa dele. COISA MAIS LINDA!!!
5min depois, não contente só com o bjinho na bochecha, levantou de novo e foi me dar um abraço. QUASE MORRI com tanta fofura! dá vontade de roubar pra mim hahaha

isso qd eles resolvem que querem compartilhar o lanche deles comigo. já comi umas paradas bizarras que as mães mandam pra eles comerem na escola ahhaha mas é mt fofura eles falando ‘tiiiiia, é pa voxê!’ sério, meu coração fica quentinho, dá vontade de morder, apertar e levar eles todos pra casa x)

e olha, eu NUNCA imaginei que iria gostar tanto desse trabalho viu… até pq a minha falta de paciência com o mundo é uma coisa instrínseca de minh’alma hahahaha a Michele até riu de mim qd eu disse que tava adorando o meu trabalho… ela não acreditou e ainda pediu pra eu não bater nas crianças ahahha NUMFODE.

entretanto, com os adolescente é totalz diferente né? dá vontade de socar aqueles poços de hormônios em ebulição, que se acham os mais espertos da face da terra. sério, me irrito e com eles me falta paciência MESMO. até a 5ª série eu ainda aturo numa boa, mas os mais velhos… ARGH! mas acontece né? é fase, e passa [espero eu!]

partiu pq o sono me consome :*